Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

O lado B da agressão – Mulheres contra mulheres!

Imagem
Artigo produzido por Psicóloga Jóice Bruxel: O lado B da agressão – Mulheres contra mulheres!Muito se fala em agressão, nos dias de hoje. Agressão física, verbal, moral, emocional, não importa. Ou melhor, importa (e muito), e é justamente por isso que o tema vem ganhando cada vez mais espaço, à medida que muitas pessoas agredidas estão ganhando voz e sendo encorajadas a não mais se calar. Tanto profissionalmente, como pessoalmente, frequentemente ouço relatos dos mais variados tipos de agressão. Alguns casos chegam até a dar um nó no estômago. Porque não, não é (e nunca será) fácil lidar com o sofrimento humano. Às vezes ouço alguns relatos tão revoltantes que quase penso em desistir das pessoas, mas aí eu lembro que existem pessoas que precisam de mim e precisam de ajuda, e então eu simplesmente sigo em frente. Por amor, fé, e uma pontinha de esperança. Uma das coisas que eu percebo que é comum em muitos destes casos é a culpabilização de quem é agredido, como se o agressor só tivess…

Sobre a solidão compartilhada em tempos de muitos contatos

Imagem
Originalmente publicado pela Psicóloga Jóice Bruxel: Sobre a solidão compartilhada em tempos de muitos contatosNo mesmo espaço físico, mas severamente distantes. Cada um no seu mundo. Máquina de indivíduos. Individuais. Individualizados.Tão difícil encontrar verdadeiras companhias, aquelas que falam olhando nos olhos, que vivem o presente e estão verdadeiramente presentes, que sincronizam a alma, que valorizam os detalhes. Tão raro alguém demonstrar que se importa, quando não existe platéia. Conversar no privado, perguntar como você está, disponibilizar ajuda, demonstrar de verdade, sem querer que mais alguém veja, pra causar uma boa impressão, pra passar uma imagem forjada e de alguma forma, se beneficiar dela. Tão raro. Raridade. Raríssimo. Você também se sente sozinho?As pessoas andam tão tristes, tão adoecidas e tão carentes porque faltam verdadeiras companhias. Falta sensibilidade. Faltam olhares. Olhos nos olhos. Toque. Falta quem se importe de verdade. Empatia. Falta amor!E não…

Como você reage a um elogio?

Imagem
Post produzido pela Psicóloga Jóice Bruxel: Como você reage a um elogio?Olá! Que bom que você está aqui! Obrigada pela sua presença! E sim, eu sabia que você viria! Mais cedo ou mais tarde. Sim, você! Você mesmo!Sabia que você é uma pessoa incrível, cheia de qualidades e dons? Sabia que o seu sorriso é capaz de alegrar uma multidão de pessoas rabugentas em plena segunda de manhã? Sabia que os seus olhos e o seu olhar, são capazes de transmitir uma mensagem que pode salvar os dias (ou vidas) alheios? Sabia que o seu abraço é tudo o que alguém no mundo precisa, para ter força e coragem de seguir em frente? Você deve estar se perguntando como eu sei quem você é. E se queres saber a verdade, eu não sei. Mas sei que você merece muitos elogios, porque você com certeza têm muitas virtudes e muita garra, para estar aqui e conseguir permanecer neste mundo. Como você se sente agora, sabendo que você é especial e que assim como eu, existem outras pessoas gratas pela sua existência? Você consegue…

Ser pai é um papel, não é ser ajudante de mãe!

Imagem
Originalmente publicado pela Psicóloga Jóice Bruxel: Ser pai é um papel, não é ser ajudante de mãe!A figura  paterna e a figura materna possuem diferentes funções para um filho, assim como também uma distinta inserção na formação da sua personalidade. Existe uma crença, um tanto quanto equivocada, no que se refere aos papéis, em si. Nós não somos mães e pais inatos, obviamente a nossa natureza é procriar e somos biologicamente preparados para isto, mas no que tange e se tratando de questões psicológicas e emocionais, nós aprendemos a ser mães e pais, nós desenvolvemos estes papéis e as funções destes papéis, e é através deles que criamos vínculos afetivos com nossos filhos (ou não). Ou seja, você não ama o seu filho desde o primeiro momento que você o vê, ou quando ele ainda está na barriga da mãe. Você pode amar a ideia, pode ter muitas expectativas, o seu filho pode ter um significado muito positivo e ele pode ter sido muito desejado (e que bom seria se todos os filhos fossem deseja…

Quando você se dá conta de que é apenas um número, está na hora de rever as suas prioridades!

Imagem
Texto escrito pela Psicóloga Jóice Bruxel: Quando você se dá conta de que é apenas um número, está na hora de rever as suas prioridades!Dia típico: você ouve o despertador tocar, mas não quer despertar. Só mais cinco minutinhos elevado ao máximo de vezes que der para colocar o despertador no “soneca”, e dar aquela viradinha pro lado, tão preciosa nos tempos modernos. Até que não dá mais pra adiar e você precisa criar coragem e levantar, porque se você continuar neste ritmo, muito provavelmente irá se atrasar (se é que você já não está atrasado). E sim, de vez em quando levantar da cama é um ato de coragem. Quem nunca teve um dia (ou uma semana, um mês, whatever) desses, que atire a primeira pedra. Come algo correndo, ou nem come porque não dá tempo, ou se você for como eu, porque não consegue comer nada quando acorda. Mas o café, ah o café, muito provavelmente ele deve ser o seu grande aliado. Sempre foi o meu, antes de tomar uma boa xícara de um café purinho, não gosto nem de me enco…

Sobre príncipes da Disney e capas da Playboy

Imagem
Post produzido pela Psicóloga Jóice Bruxel: Sobre príncipes da Disney e capas da PlayboyDesde o princípio da nossa existência somos condicionados a modos de ser e estar no mundo. Aprendemos gostos, preferências e ideais. Somos seres culturais e a cultura e o meio em que vivemos está diretamente ligado a quem somos, ou melhor, da forma que nos conhecemos e reconhecemos no mundo e nos outros. Nos relacionamentos não é diferente.O que consideramos ideal foi pregado, construído e reforçado.A imagem de homem ou mulher ideal é algo que constantemente nos frustra, porque simplesmente, ele não existe. Passamos a vida achando que a grama do vizinho é mais verde, porque incutiram na nossa cabeça que existe a perfeição e que precisamos, a todo o custo, possuir esta perfeição, como uma espécie de troféu ou honra ao mérito.Grande parte dessa ilusão seria evitada, se não existem duas coisas: os príncipes dos filmes da Disney e as capas da Playboy Vou explicar: Nós, mulheres, assistimos desde menini…

Você precisa aprender a dizer NÃO!

Imagem
Texto escrito pela Psicóloga Jóice Bruxel: Você precisa aprender a dizer NÃO!Eu tenho certeza que em algum momento da sua vida você já se deparou com este conflito interno: como dizer não para o outro, sem que este se ofenda e sem parecer que eu estou menosprezando ou invalidando a sua demanda (seja ela qual for) porque simplesmente, não me convém ou não estou afim?Pode parecer exagero, mas algumas pessoas simplesmente não conseguem se posicionar e preferem inventar várias desculpas a ter que lidar com a verdade.Eu conheço pessoas que passam a vida inventando desculpas, daquelas mais esfarrapadas mesmo, até nas ocasiões mais banais, porque não conseguem dizer a verdade, sendo que a verdade seria bem mais simples do que ter que articular vários desdobramentos criativos para simplesmente não ter que verbalizar a tão temida palavrinha mágica: “NÃO”!A questão é: não existe problema algum em dizer não, mas de alguma forma, criamos em nossa cabeça a ideia de que é feio ou constrangedor impo…

Blue Whale (o jogo suicida da baleia azul). Verdade ou mito?

Imagem
Artigo escrito pela Psicóloga Jóice Bruxel: Blue Whale (o jogo suicida da baleia azul). Verdade ou mito?O que é Blue Whale e como funciona? Blue Whale é um jogo online que tem como finalidade o suicídio. Os participantes do jogo devem realizar tarefas e enviar registros de seus feitos para os curadores ou então postar na web algumas mensagens subliminares, como uma foto de uma baleia azul, por exemplo. Curadores são as pessoas que delegam e também recebem o comprovante das tarefas (vídeos, fotos) e resumidamente, manipulam os jogadores através da persuasão, para que eles permaneçam no jogo. Acredita-se também que os curadores ameacem e chantageiem os participantes, no caso de algum deles querer desistir. No total são 50 tarefas. Apesar de ter acesso as supostas tarefas, eu não vou as expor aqui, pois não quero que este texto seja usado de  forma errada. Resumidamente, as tarefas vão desde tarefas simples (como desenhar uma baleia), assistir vídeos psicodélicos e de terror de madrugada…

LUTO –  A importância de se desprender e aprender a deixar ir

Imagem
Originalmente publicado pela Psicóloga Jóice Bruxel: LUTO –  A importância de se desprender e aprender a deixar irTodos nós perdemos. Perdemos o tempo todo. E também ganhamos. Alguns ganhos, inclusive, implicam em outras perdas, e vice-versa. Tudo isso é natural. Mas o fato de ser natural, não impede de ser doloroso. Perder, muitas vezes, dói. E pode doer muito.Perdas significam mudanças,e mudanças são processos que implicam em desconforto. Até nos familiarizarmos com o novo, estamos fora da nossa zona de conforto.Sendo assim, todos nós, em algum momento precisamos lidar com a separação de algo que nos é essencial ou importante. Sejam pessoas, coisas, objetos, dinheiro, status, poder, sentimentos, animais de estimação, etc.Precisamos lidar com a mudança que esta falta, que esta perda implicará. Precisamos lidar com o que vamos fazer com a falta e com a saudade que sentiremos. Precisamos ficar de cara a cara com o vazio. Enfrentar o nada.O luto é um processo. Um processo de desprendime…

ANSIEDADE – Mentes turbulentas e corpos inquietos: Causas, tratamento e sintomas

Imagem
Originalmente publicado pela Psicóloga Jóice Bruxel: ANSIEDADE – Mentes turbulentas e corpos inquietos: Causas, tratamento e sintomasIniciarei este texto lhe fazendo duas perguntas simples e diretas. Você sabe o que é ansiedade? Você se considera uma pessoa ansiosa? Eu não sei quem você é, mas independente de quem você seja, eu tenho certeza que você fala ou ouve, com certa frequência, a seguinte frase: “eu estou/sou ansioso (a)”. Pois bem, muito se fala em ansiedade, mas o que, afinal de contas, é a ansiedade? Todos somos ansiosos? Quais são os sintomas? Quais as causas? Qual é o tratamento? Ansiedade tem cura? Existem alimentos que melhoram e pioram a ansiedade? Vamos por partes. Ansiedade normal x Ansiedade patológica A ansiedade, ao contrário do que muitos pensam, é uma emoção inerente ao ser humano.Ela nada mais é, do que uma resposta natural do corpo frente a uma situação de estresse ou perigo. Ou seja, se você estiver em uma selva e avistar um leão, por exemplo, muito provavelm…